ARDUINO, O LEGO DA CRIANÇA QUE VIROU UM ENGENHEIRO

Mesmo quando crescemos e viramos “gente grande”, guardamos na memória nossas brincadeiras favoritas. Vivemos tentando reproduzi-las em escala real para que não percamos o prazer proporcionado pelo lúdico e pela diversão. Um bom exemplo disso são aqueles carros que idolatrávamos quando eramos crianças. Depois de adultos, fazemos de tudo para comprar um de verdade, do mesmo modelo e cor. Também buscamos satisfazer nossa criança interior com vários Hobbies como aeromodelismo, jogos de tabuleiro, vídeo games, entre tantos outros. Um desses brinquedos que podemos chamar de “brinquedo para adultos” é o Arduino, considerado o Lego dos engenheiros. Vamos conhecer mais um pouco sobre ele?

O QUE É ARDUINO?

Arduino é uma plataforma eletrônica de código aberto. Tem como princípio a facilidade de uso tanto em seu hardware quanto em seu software. Entretanto, para programa-lo, é necessário utilizar sua própria linguagem de programação e para processar o que foi escrito no código usa-se o Arduino Software (IDE).

Essas placas são capazes de ler comandos (inputs), que podem ser desde o acionamento de um botão até um post de Twitter, produzindo como resposta uma saída (output). Os outputs gerados por elas são de grande utilidade e variedade. Eles podem acionar um motor, ascender uma luz de LED, e até mesmo publicar algo na internet.

Apesar de parecer um componente eletrônico complexo, o Arduino foi desenvolvido para ser uma ferramenta simples para prototipagem de projetos. Quem nunca pôde ver uma dessas placas ao vivo ficará surpreso: geralmente, elas são pequenas, possuindo em média 50x50mm de área em sua vista superior.

COMPARANDO O ARDUINO AO LEGO

Como mencionado acima, o Arduino é considerado por muitos com o Lego dos engenheiros. Primeiramente, porque é necessário ter uma pequena base de conhecimentos em programação para usá-lo.

Além disso, o Arduino, assim como o Lego, é composto por várias peças (Shields), permitindo a criação de inúmeros projetos eletrônicos. Sua usabilidade é vasta. Pode-se encontrar soluções em hobbies, automação residencial e até aplicações em soluções industriais.

Existem muitos robôs que funcionam baseados na tecnologia do Arduino e que usam ao mesmo tempo peças Lego. Um exemplo é um personagem de um filme da Disney chamado Wall-e, programado para ser capaz de evitar obstáculos. Cabe ressaltar que esse é um projeto básico, porém, muito útil para quem está aprendendo a usar a linguagem de programação e processamento dessa placa.

O QUE É DIY E COMO ARDUINO CONTRIBUI PARA SOLUÇÕES CASEIRAS?

A expressão DIY (Do It Yourself – Faça você mesmo, em inglês), tem se difundido bastante nos últimos tempos. Principalmente com a propagação de conhecimento na internet. Assim que tendo algum conhecimento em eletrônica e informática, é possível criar soluções caseiras com Arduino devido à sua facilidade de montagem e uso. Também é importante ressaltar o baixo custo de aquisição e de manutenção. Algumas das coisas extremamente úteis que podem ser feitas usando essa tecnologia é a automação residencial.

Inegavelmente, é uma ferramenta fantástica. É possível criar soluções onde o Twitter, solicita ao Arduino que prepare seu café e regue as plantas na hora desejada. Além de programar um alarme personalizado que pode chamar o Corpo de Bombeiros automaticamente em caso de incêndio.

Percebe-se que essa pequena placa eletrônica é capaz de realizar inúmeros projetos, desde aqueles mais simples até os mais complexos. Existem comunidades e fóruns online onde é possível aprender e debater sobre os usos do Arduino com usuários do mundo todo. Assim, caso você deseje ingressar nesse novo mundo de possibilidades, não faltarão pessoas dispostas a ajudar, todavia, material de fácil acesso é disponibilizado gratuitamente na internet para livre consulta.

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta