NISSAN IRÁ ILUMINAR CIDADE JAPONESA COM BATERIAS USADAS DE CARROS ELÉTRICOS

Atualmente, vivemos uma crescente demanda da sociedade atual por carros elétricos, que causam menor impacto ambiental. Isto porque apresentam maior eficiência energética quando comparados aos carros movidos a motores de combustão interna. Analogamente, também tem aumentado enormemente a demanda por baterias de íons de lítio, necessárias para alimentá-los. Essas baterias são menos impactantes ao meio ambiente do que os gases emitidos pelos motores a combustão interna. Por conseqüência o descarte incorreto dessas baterias pode gerar contaminação do ar, do solo e da água. Abordaremos aqui os trabalhos que estão sendo realizados pela Nissan para garantir o correto descarte e reuso das baterias para fins inusitados. Não deixe de ler!

A busca da Nissan por tecnologias de emissão zero aliadas ao compromisso da compressa com a promoção social em seu país:

A Nissan está preocupada com o descarte correto das baterias. Buscando aumentar ainda mais a eficiência das células de armazenamento de energia, ela deu um grande passo na indústria automobilística. Em março deste ano (2018), a empresa inaugurou, em parceria com a Sumitomo Corporation. Tornando-se a primeira fábrica do mundo a trabalhar exclusivamente com reciclagem e reutilização de baterias lítio provenientes de veículos elétricos.

Além da questão ambiental, a Nissan se preocupou também com as necessidades sociais de seu país de origem ao instalar a fábrica na cidade de Namie, situada no nordeste do Japão. Essa cidade foi completamente devastada pelo tsunami ocorrido em 2011 e, agora, está tendo a chance de se reerguer e revitalizar sua economia local.

O que pode ser feito a partir de baterias recicladas de carros elétricos? Quais são os benefícios econômicos e ambientais gerados por essa iniciativa?

A partir do projeto “Reborn Light”, a Nissan está efetuando pesquisas para reaproveitamento das baterias. Seu principal objetivo é o desenvolvimento de um sistema de iluminação pública independente da rede elétrica principal. A principio este projeto será implantado na cidade anteriormente de Namie. Esse sistema de iluminação está sendo testado com baterias descartadas do Nissan Leaf, veículo totalmente elétrico da marca.

Esse novo sistema de iluminação será capaz de fornecer 100% da energia demandada pela cidade de Namie. Sua instalação em larga escala será feita em postes elétricos que não possuem cabos nem fios. Ela está prevista para o final de 2018.

As baterias recicladas também serão utilizadas em empilhadeiras elétricas e servirão como sistema de armazenamento de energia em alto escala. A Nissan também pretende lançar a primeira bateria reciclada do mundo capaz de substituir uma bateria automotiva perfeitamente.

A Nissan pretende lançar seu modelo completamente movido a energia elétrica proveniente de baterias no Brasil em 2019. A chegada desse modelo elétrico (o Nissan Leaf) no país já no ano que vem reforça ainda mais a necessidade de investimentos por parte de nosso país não apenas em reciclagem de baterias, mas também em infraestrutura e em equipamentos para recarga desses automóveis. Também são necessários medidores de consumo e formas de cobrança, localizados em locais de estacionamento demorado e em vias públicas. A falta dessas instalações e recursos indispensáveis para utilização de carros elétricos torna incerta a previsão de quando esses veículos circularão em massa no Brasil.

 

 

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta